quarta-feira, 17 de abril de 2019

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE TAIÓ – MARÇO – 2019

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais. Em março de 2019, o valor da cesta foi de R$ 310,85 apresentando acréscimo de 5,31% em relação a cesta de fevereiro de 2019, cujo custo apurado foi de R$ 295,18 (ver Gráfico 1).




Gráfico 1 - Custo da Cesta Básica Alimentar – outubro/2018- março/2019

Fonte: Nupeser (2019).



Gráfico 2 - Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido.

Fonte: Nupeser (2019).



Quadro 1 - Produtos da Cesta Básica Alimentar fevereiro/2019- março/2019

Fonte: Nupeser (2018).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.



Gráfico 3 - Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar.

Fonte: Nupeser (2018).


Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Coordenação: Prof. Anielle Gonçalves de Oliveira – anielleg20@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE RIO DO SUL – MARÇO - 2019

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais. Em março de 2019, o valor da cesta foi de R$ 361,66 apresentando acréscimo 6,07% de em relação a cesta de fevereiro de 2019, cujo custo apurado foi de R$ 338,95 (ver Gráfico 1).



Gráfico 1 - Custo da Cesta Básica Alimentar – outubro/2018- fevereiro/2019

Fonte: Nupeser (2019).



Gráfico 2 - Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido. Fonte: Nupeser (2019).



Quadro 1 - Produtos da Cesta Básica Alimentar - Fevereiro/2019 –março/2019

Fonte: Nupeser (2019).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.


Gráfico 3 - Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar. Fonte: Nupeser (2019).


Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Coordenação: Prof. Anielle Gonçalves de Oliveira – anielleg20@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE TAIÓ – JANEIRO – 2019

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais. Em janeiro de 2019, o valor da cesta foi de R$ 307,22 apresentando acréscimo de 1,95% em relação a cesta de dezembro de 2018, cujo custo apurado foi de R$ 301,35 (ver Gráfico 1).




Gráfico 1 - Custo da Cesta Básica Alimentar – agosto/2018- janeiro/2019

Fonte: Nupeser (2018).



Gráfico 2 - Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido.

Fonte: Nupeser (2018).



Quadro 1 - Produtos da Cesta Básica Alimentar dezembro/2018- janeiro/2019

Fonte: Nupeser (2018).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.


Gráfico 3 - Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar.

Fonte: Nupeser (2018).


Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Coordenação: Prof. Anielle Gonçalves de Oliveira – anielleg20@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE RIO DO SUL - JANEIRO - 2019

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais. Em janeiro de 2019, o valor da cesta foi de R$ 316,60 apresentando decréscimo de 4,59% em relação a cesta de dezembro de 2018, cujo custo apurado foi de R$ 331,82 (ver Gráfico 1).


Gráfico 1 - Custo da Cesta Básica Alimentar – agosto/2018- janeiro/2019

Fonte: Nupeser (2018).



Gráfico 2 - Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido. Fonte: Nupeser (2018).



Quadro 1 - Produtos da Cesta Básica Alimentar - dezembro/2018 –janeiro/2019

Fonte: Nupeser (2018).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.



Gráfico 3 - Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar. Fonte: Nupeser (2018).


Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Coordenação: Prof. Anielle Gonçalves de Oliveira – anielleg20@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas