segunda-feira, 13 de novembro de 2017

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE RIO DO SUL OUTUBRO - 2017

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais.
Em outubro de 2017, o valor da cesta foi de R$ 300,90, apresentando decréscimo de 3,78% em relação setembro de 2017, cujo custo apurado foi de R$ 312,72(ver Gráfico 1).

Gráfico 1 Custo da Cesta Básica Alimentar – Maio/2017- Outubro/2017
Fonte: Nupeser (2017).


Gráfico 2 Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido
Fonte: Nupeser (2017).


Quadro 1 Produtos da Cesta Básica Alimentar – Setembro/2017- outubro/2017
Fonte: Nupeser (2017).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.


Gráfico 3 Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar.
Fonte: Nupeser (2017).


Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Prof. Mª. Anielle Gonçalves de Oliveira – anielleg20@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE TAIÓ OUTUBRO - 2017

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais.
Em outubro de 2017, o valor da cesta foi de R$ 305,06, apresentando decréscimo de 0,24% em relação a de setembro de 2017, cujo custo apurado foi de R$ 305,80 (ver Gráfico 1).

Gráfico 1 Custo da Cesta Básica Alimentar – Maio/2017- Outubro/2017
Fonte: Nupeser (2017).



Gráfico 2 Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido
Fonte: Nupeser (2017).



Quadro 1 Produtos da Cesta Básica Alimentar – Setembro/2017- outubro/2017
Fonte: Nupeser (2017).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.


Gráfico 3 Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar.
Fonte: Nupeser (2017).


Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Prof. Mª. Anielle Gonçalves de Oliveira – anielleg20@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE RIO DO SUL SETEMBRO - 2017

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais.
Em setembro de 2017, o valor da cesta foi de R$ 312,72, apresentando acréscimo de 0,72% em relação a agosto de 2017, cujo custo apurado foi de R$ 310,47 (ver Gráfico 1).

Gráfico 1 Custo da Cesta Básica Alimentar – Abril/2017- Setembro/2017
Fonte: Nupeser (2017).

Gráfico 2 Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido
Fonte: Nupeser (2017).

Quadro 1 Produtos da Cesta Básica Alimentar – julho/2017- agosto/2017
Fonte: Nupeser (2017).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.

Gráfico 3 Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar.
Fonte: Nupeser (2017).

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE TAIÓ SETEMBRO - 2017

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais.
Em setembro de 2017, o valor da cesta foi de R$ 305,80, apresentando acréscimo de 7,13% em relação a de agosto de 2017, cujo custo apurado foi de R$ 285,45 (ver Gráfico 1).


Gráfico 1 Custo da Cesta Básica Alimentar – Abril/2017- Setembro/2017
Fonte: Nupeser (2017).


Gráfico 2 Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido
Fonte: Nupeser (2017).


Quadro 1 Produtos da Cesta Básica Alimentar – julho/2017- agosto/2017
Fonte: Nupeser (2017).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.


Gráfico 3 Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar.
Fonte: Nupeser (2017).




Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Prof. Mª. Anielle Gonçalves de Oliveira – anielleg20@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas

RELATÓRIO MACROECONÔMICO SETEMBRO 2017

Destacamos a oposição entre o ciclo econômico que indicava recuperação e a incerteza política às vésperas de um ano eleitoral em 2018. No entanto, a pauta eleitoral, embora já movimente especulações no mundo político e na imprensa, ainda não tem sido o principal direcionador de preços no mercado financeiro.
Uma vez que as candidaturas majoritárias devem ser definidas apenas no primeiro trimestre de 2018, até lá deve haver espaço para a discussão de outros temas. Enquanto a eleição não vem, a análise econômica vem procurando sinais de recuperação da atividade e especulando sobre o tamanho do ciclo de cortes de juros e a política está às voltas com uma pauta liderada pelo próprio congresso de nova regulamentação eleitoral.
No ambiente econômico, de fato já podemos observar alguns sinais favoráveis à recuperação. O índice de vendas ao varejo, a criação de novas vagas de emprego e a melhora na confiança do consumidor são alguns dos indicadores que sinalizam que a tão esperada saída do longo período de recessão da economia brasileira já deve estar em curso.


segunda-feira, 18 de setembro de 2017

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE RIO DO SUL AGOSTO - 2017

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais.
Em agosto de 2017, o valor da cesta foi de R$ 310,47, apresentando decréscimo de - 4,56% em relação a julho de 2017, cujo custo apurado foi de R$ 325,32 (ver Gráfico 1).


Gráfico 1 Custo da Cesta Básica Alimentar – março/2017- agosto/2017
Fonte: Nupeser (2017).


Gráfico 2 Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido
Fonte: Nupeser (2017).


Quadro 1 Produtos da Cesta Básica Alimentar – julho/2017- agosto/2017
Fonte: Nupeser (2017).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.


Gráfico 3 Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar.
Fonte: Nupeser (2017).

Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Coordenação: Prof. M.e Márcia – marciafuchter@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas

CESTA BÁSICA ALIMENTAR DE TAIÓ AGOSTO - 2017

A Cesta Básica Alimentar é representada por um conjunto de 13 produtos e respectivas quantidades. Em tese, eles seriam suficientes para o sustento e bem-estar nutricional de um trabalhador em idade adulta, que recebe um salário mínimo pela jornada de 220 horas mensais.
Em agosto de 2017, o valor da cesta foi de R$ 285,45, apresentando decréscimo de - 8,97% em relação a de julho de 2017, cujo custo apurado foi de R$ 313,59 (ver Gráfico 1).


Gráfico 1 Custo da Cesta Básica Alimentar – março/2017- agosto/2017
Fonte: Nupeser (2017).



Gráfico 2 Custo da cesta básica alimentar em relação ao salário mínimo líquido
Fonte: Nupeser (2017).



Quadro 1 Produtos da Cesta Básica Alimentar – julho/2017- agosto/2017
Fonte: Nupeser (2017).

A participação de cada produto no custo da cesta básica alimentar do mês pesquisado é apresentada no Gráfico 3, em porcentagem.


Gráfico 3 Participação dos produtos no custo da Cesta Básica Alimentar.
Fonte: Nupeser (2017).


Centro Universitário Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
Curso de Ciências Econômicas
NUPESER - Núcleo de Pesquisa Socioeconômica Regional
 Coordenação: Prof. M.e Márcia – marciafuchter@unidavi.edu.br
Pesquisa de preços realizada por discentes da 8ª fase do curso de Ciências Econômicas